Aprendizagem por projetos e desenvolvimento de competências

DIÁLOGOS traz a educadora  Lilian Bacich para falar sobre o tema “Aprendizagem por projetos e desenvolvimento de competências”. Ela defende que o projeto não deve ser tratado  como “sobremesa” na sala de aula, para Lilian, o projeto deve ser prato principal, integrado ao currículo e à dinâmica da sala de aula e da escola. 

Lilian Bacich é Doutora em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano (USP), Mestre em Educação: Psicologia da Educação (PUC/SP), Bióloga (Mackenzie) e Pedagoga (USP). Com ampla experiência na área de Educação, atuou por 28 anos na Educação Básica (professora e coordenadora), na graduação e na pós-graduação. Organizadora dos livros: Psicopedagogia: teorias da aprendizagem; Ensino Híbrido: personalização e tecnologia na educação, Metodologias ativas para uma educação inovadora e STEAM em sala de aula.

Também participaram do episódio o professor Wellington Cruz, presidente do Instituto Significare, Adriana Martinelli, diretora de conteúdo da Bett Brasil e Roselaine Moraes, Analista de Educação no SEBRAE RS, que contribuíram com suas visões e perguntas sobre o tema.

Neste texto, vamos te dar um resumo do que foi abordado no episódio, e te convidar a assistir ao vídeo completo, que está disponível no canal do Instituto Significare, no  YouTube. Vamos lá?

 

Acesse também a Galeria de vídeos completa clicando aqui

Projeto não deve ser uma sobremesa, deve ser prato principal na escola

Esse argumento resume bem a ideia central da fala da Lilian Bacich. Segundo ela, muitas vezes os projetos na educação são tratados como uma atividade complementar, que vem depois de cumprir o currículo, e que não tem uma conexão clara com os objetivos de aprendizagem.

Ela defende que os projetos devem ser o prato principal na educação, ou seja, a forma principal de organizar o ensino e a aprendizagem, de acordo com a metodologia da Aprendizagem Baseada em Projetos (ABP).

A ABP é uma abordagem pedagógica que parte de um problema ou desafio real, que seja relevante e significativo para os alunos e para a comunidade, e que envolva os alunos em um processo de investigação, colaboração e criação de soluções, com o apoio do professor como orientador e mediador.

A ABP tem vários benefícios, como:

  • Desenvolve as competências do século XXI, como o pensamento crítico, a criatividade, a comunicação, a colaboração, a autonomia, a resolução de problemas, entre outras;
  • Estimula o engajamento e a motivação dos alunos, que se sentem mais protagonistas e responsáveis pelo seu próprio aprendizado;
  • Promove a interdisciplinaridade e a contextualização dos conteúdos, que são trabalhados de forma integrada e aplicada à realidade;
  • Favorece a formação cidadã e a transformação social, entre outros.

Como elaborar um projeto pedagógico inovador e transformador?

Para elaborar um projeto pedagógico inovador e transformador, seguindo a ABP, aqui estão algumas dicas:

  • Conhecer bem os seus alunos, o seu contexto e a sua comunidade, para escolher um tema e um problema ou desafio que sejam relevantes e significativos para eles;
  • Alinhar o projeto com as diretrizes curriculares nacionais e locais, e com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que traz as competências e as habilidades que devem ser desenvolvidas pelos alunos;
  • Definir os objetivos e os resultados esperados do projeto, tanto em termos de aprendizagem quanto de solução do problema ou desafio;
  • Planejar as etapas e as atividades do projeto, utilizando metodologias ativas, que envolvam os alunos em situações de pesquisa, experimentação, produção e apresentação;
  • Utilizar a tecnologia como uma ferramenta pedagógica, que amplie as possibilidades de acesso à informação, à comunicação, à expressão e à criatividade;
  • Avaliar o projeto de forma formativa, contínua e personalizada, levando em conta o processo e o produto do aprendizado, bem como as características e os interesses de cada aluno.

Como participar do Prêmio Educador Transformador?

Se você seguiu esses passos lá atrás, você já tem um projeto pedagógico pronto para participar do Prêmio Educador Transformador. Então não perca tempo! Para se inscrever, basta acessar o site www.educadortransformador.com.br, clicar em “Inscreva-se”  e preencher o formulário online, até o dia 05/02/2024.

Não perca essa chance de mostrar o seu trabalho e ser reconhecido nacionalmente como um educador transformador! Inscreva-se já e participe!

Esperamos que você goste deste episódio da série DIÁLOGOS  e também tenha gostado do texto e que ele te ajude a elaborar um projeto pedagógico inovador e transformador. Se você tiver alguma dúvida, sugestão ou comentário, entre em contato conosco pelo chat online na página do Prêmio. Estamos à disposição para te apoiar nessa jornada. Um abraço! 😊

Sobre o Instituto Significare

O Instituto Significare é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que promove a educação transformadora. O Significare busca impactar indivíduos, organizações e toda a sociedade por meio de iniciativas que colocam a educação no centro do desenvolvimento sustentável. Transformação com equidade, escala com inclusão e visão compartilhada de futuro são alicerces das ações do Instituto Significare.