Prêmio Professor Transformador anuncia vencedores e classificação final

Resultados foram divulgados na tarde desta quarta-feira, 11, durante a Bett Brasil, reconhecendo projetos de Educação Transformadora

A organização do Prêmio Professor Transformador, promovido em conjunto pelo Instituto Significare e Bett Educar, torna conhecidos os vencedores da segunda edição e a classificação final nas categorias Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio. Os resultados foram divulgados na tarde desta quarta-feira, 11, durante a Bett Brasil 2022, maior evento de Educação e Tecnologia da América Latina e que foi realizado no Transamerica Expo Center, em São Paulo (SP).

 

Categoria: Educação Infantil 

A vencedora foi a Profa. Andrea Lange, de Joaçaba (SC), com o projeto Eu e você: no nosso mundo, as nossas diferenças nos tornam iguais. A iniciativa tem como finalidade desenvolver e valorizar o reconhecimento da segunda língua oficial do Brasil, a Linguagem Brasileira de Sinais – Libras.

Profa. Andrea Lange no telão, vencedora da categoria Educação Infantil

Em segundo e terceiro lugares ficaram, respectivamente: a Profa. Valéria Mariano de Lima, de Cubatão (SP), com o projeto “A Liga da Reciclagem”; e a Profa. Alessandra de Melo, de Luziânia (GO), com o projeto “O Carteiro Chegou”.

Profa. Valéria Mariano de Lima à direita, 2º lugar da categoria Educação Infantil

Profa. Alessandra de Melo à direita, 3º lugar da categoria Educação Infantil

 

Categoria: Ensino Fundamental I

A Profa. Karina Letícia, de Timóteo (MG), foi a vencedora, com o projeto “Câmara Mirim 2019”. A prática pedagógica da educadora levou os alunos a discutirem os diferentes pontos de vista sobre assuntos como preconceitos, discriminação e intolerância, buscando entendimento e diálogo aberto.

Profa. Karina Letícia à direita, vencedora da categoria Ensino Fundamental 1

Em segundo lugar, ficou o projeto “Cadê o mosquito que estava aqui? O sapo comeu”, desenvolvido pela Profa. Eliane Babi Lohse, de Castro (PR). E na terceira colocação, o projeto “Escola Humanizada: Acolher, Escutar e Pertencer”, do Prof. Carlos Henrique Patrício, de Magé (RJ).

Profa. Eliane Babi Lohse, 2º lugar da categoria Ensino Fundamental 1

 

Prof. Carlos Henrique Patrício, 3º lugar da categoria Ensino Fundamental 1

 

Categoria: Ensino Fundamental II

A vencedora foi a Profa. Celiana Mota, de Brasília (DF), com o projeto “Desiderata”, criado com o intuito de promover o protagonismo estudantil buscando despertar a criticidade, a capacidade de argumentação e a participação de toda a comunidade escolar. A metodologia incluiu a promoção de rodas de conversa com especialistas, uso de vídeos temáticos, incentivo à leitura, produção de textos e a elaboração de um Diário de Bordo.

Profa. Celiana Mota à direita, vencedora da categoria Ensino Fundamental 2

Terminaram em segundo e terceiro lugares na categoria, respectivamente: o Prof. Luciano Sanches, de Palmas (TO), com o projeto “Shogi na Escola”; e o Prof. Wagner Severgnini, de Caçador (SC), com o projeto “Aquecendo Corações”.

Prof. Luciano Sanches, 2º lugar da categoria Ensino Fundamental 2

 

Prof. Wagner Severgnini, 3º lugar da categoria Ensino Fundamental 2

 

Categoria: Ensino Médio

O Prof. Renato Nunes Ramalho, de Cajazeiras (PB), venceu a categoria com o projeto “Reaproveitamento das águas pluviais e cinzas nas escolas do semiárido paraibano”. O projeto foi desenvolvido com o intuito de transformar o espaço escolar em um local de inovação de pequenas ideias e de pluralismo cultural, enfatizando que a sustentabilidade não é feita somente de forma individual ou de pequenos grupos segregados.

Em segundo lugar, ficou o Prof. Adilson Pontes da Silva, de Camutanga (PE), com o projeto “As verduras e legumes aproveitáveis e o extrato que dá gosto”; e na terceira colocação, o Prof. Marcelo Luiz de Souza, do Rio de Janeiro (RJ), com o projeto “Práticas corporais dos povos indígenas: corpo – cultura – inclusão – cidadania”.

Prof. Renato Nunes Ramalho à direita, Prof.  Adilson Pontes da Silva ao centro e Prof. Marcelo Luiz de Souza à esquerda

 

Ao todo, mais de 800 projetos foram inscritos na segunda edição do Prêmio Professor Transformador, que se destaca por reconhecer iniciativas alinhadas às diretrizes da BNCC (Base Nacional Comum Curricular) e que estejam contribuindo para promover uma Educação Transformadora nos quatro níveis do Ciclo Básico (Infantil, Fundamental I e II e Médio).

Os professores vencedores em cada categoria receberão prêmio de R$ 7 mil, troféu, certificado, divulgação do projeto em matéria especial para veiculação na mídia e o certificado “Escola que acredita na transformação pela Educação”. Já os  segundos e terceiros colocados em cada categoria receberão R$ 2,5 mil, troféu, certificado e a oportunidade de apresentar seus projetos na Bett Brasil.

Todas as informações sobre o Prêmio Professor Transformador podem ser acompanhadas pelo blog do Instituto Significare, em  https://significare.org.br/blog/

 

Sobre o Instituto Significare

O Instituto Significare surgiu com o objetivo de promover e estimular o desenvolvimento de práticas de Educação Transformadora, por meio de iniciativas como o Prêmio Professor Transformador.

Siga o Instituto nas redes sociais:

 

Informações para Imprensa:

R&F Comunicação

Erick Santos – esantos@rodrigues-freire.com.br

Isabel Rodrigues – irodrigues@rodrigues-freire.com.br